Aborto com Cytotec (Misoprostol). Dose, indicações, interações.

O Misoprostol é uma substância que deriva das Prostaglandinas E1 (PGE1), as quais se encontram de forma natural no corpo e atuam diretamente sobre o sistema reprodutor em processos de ovulação, fecundação e parto, enquanto que por sua vez participam no sistema nervoso e no sangue regulando funções como a coagulação e pressão sanguínea.

Ao mesmo tempo, têm uma atividade importante sobre o sistema gástrico. Ao administrar esta substância como fármaco, exerce um efeito agonista sobre certos recetores gástricos o que ajuda a bloquear ou diminuir o fluxo de ácidos gástricos.

Aborto com Cytotec (Misoprostol): Usos

O Misoprostol é utilizado genecologicamente em alguns países para a indução do parto, já que, este, apenas ou em combinação com outros fármacos também derivados das Prostaglandinas, atuam induzindo contrações uterinas. Por este motivo, foi implementado na prática de abortos sempre sob supervisão médica, pelo grande risco de hemorragia resultante de má utilização. Uma boa utilização deste fármaco detém a hemorragia pós-parto e ajuda a expulsar a placenta.

Farmacologicamente, o Misoprostol atua sobre múltiplas sintomatologias, como no tratamento de úlceras gástricas ou duodenais, provocadas por Anti-inflamatórios não Esteroides (AINES) ou para a prevenção das mesmas, quando o paciente tem um tratamento contínuo com AINES (aspirina, ibuprofeno, aceclofenac, naproxeno, entre outros).

Se os pacientes que estão em tratamento com AINES são pacientes com doenças debilitadoras ou idosos é desaconselhado o uso deste fármaco, já que têm altos riscos de desenvolver úlceras tanto gástricas como duodenais. O uso neste caso deve limitar-se a ser administrado unicamente durante a duração do tratamento com AINES.

No caso do seu uso ser exclusivamente para estas sintomatologias, por ser uma paciente jovem e sexualmente ativa, tem que se assegurar que não está grávida.

Da mesma forma que, é usado para reduzir a percentagem de rejeições em pacientes submetidos a transplante de órgãos.

Efeitos Secundários

Geralmente poderá ocorrer uma prolongação dos efeitos farmacológicos; os efeitos mais frequentes são relacionados com transtornos gastrointestinais como: náuseas, vómitos, diarreia e dor abdominal.

Os efeitos secundários mais graves que podem ser apresentados são:

  • Hipersensibilidade ao fármaco,
  • Rutura uterina
  • Paragem cardíaca.

Também existem diferentes efeitos secundários que foram descritos de forma ocasional a nível geral.

Alguns pouco significativos, mas que se tem de ter especial cuidado são:

  • Tonturas, confusão, calafrios, síncope (perda de consciência), sonolência, tremores, dor de cabeça, ansiedade.
  • Tosse, dispneia (dificuldade respiratória), erupção cutânea, dermatite, alopecia, distúrbios da visão, conjuntivite.
  • Dor nas costas, músculos e articulações, cólicas

Entre os sintomas significativos que poderão ocorrer de forma ocasional estão:

  • Hipertensão, hipotensão, arritmia cardíaca, flebite, edema, trombo embolismo, bronquite, pneumonia
  • Hemorragia vaginal que pode levar ao desprendimento prematuro da placenta
  • Poliúria (excreção abundante de urina), hematúria (presença de sangue na urina).

Precauções/Contraindicações

A administração de Misoprostol está contraindicada nas seguintes situações:

  • Paciente em que as contrações prolongadas se consideram inapropriadas.
  • Pacientes com historial que apresente as seguintes características
    • Sensibilidade aos componentes da fórmula (princípios ativos y excipientes)
    • Cesariana ou cirurgia uterina.
    • Com mais de quatro gravidezes.
    • Parto traumático ou difícil.
    • Desproporção Céfalo pélvica.
    • Gravidez múltipla.
    • Hemorragia e/ou secreção vaginal irregular durante a gravidez atual.
  • Pacientes em que a relação benefício-risco esteja em desequilíbrio tanto para a mãe como para o feto.
  • Pacientes que apresentem herpes genital ativo.
  • Não administrar em pacientes que apresentem fatores de risco que se considerem elevados como: Pré-eclampsia, eclampsia, embolismo de líquido amniótico
  • Administração múltipla de oxitócica (fármaco derivado das Prostaglandinas E2 que se administra conjuntamente com Misoprostol) ou outros estimulantes das contrações uterinas.

Da mesma forma, deverá utilizar-se seguindo uma estrita observação da dose e posologia recomendadas. Pelo que, se deve utilizar unicamente em centros hospitalares com acesso a cuidados intensivos caso seja necessária uma cirurgia de urgência.

No que diz respeito a algumas precauções não se recomenda o uso de Misoprostol em pacientes com:

  • Insuficiência renal ou hepática
  • Desnutrição.
  • Anemia

Por ser necessária a administração em pacientes com estas sintomatologias, deverá ser administrado com precaução, iniciando com um reajuste posológico.

Que fazer em caso de sobredosagem?

A sobredosagem com Misoprostol pode manifestar-se com contrações uterinas hipertónicas (estas apresentam risco de morte fetal intrauterina), febre, taquicardia, aumento de frequência respiratória (taquipneia) ou dificuldade em respirar, hipotensão, convulsões, calafrios, agitação e vómitos.

Em caso de sobredosagem massiva, é possível que se apresente uma rutura uterina sobretudo em mulheres com historial de cesarianas. No que diz respeito ao feto previamente à morte pode ocorrer uma hemorragia cerebral.

Se o fármaco foi administrado em casa o mais recomendável é ir ao hospital ou centro médico mais próximo.

Os médicos ou enfermeiros que estejam a fazer turno no têm forma de saber se a paciente está a ter um aborto espontâneo ou se foi provocado por Misoprostol, a menos que os comprimidos tenham sido administrados via vaginal, desta forma poderão ser notados, pelo que se recomenda não deixar nenhum tipo de resíduos ou limpar bem a zona.

O tratamento de apoio será sintomático, isto é, dependendo dos sintomas manifestados o especialista atuará tratando cada sintoma com o equipamento ou fármacos necessários dependendo do caso já que não existe antídoto específico. Da mesma forma irá proceder-se a medidas habituais de eliminação e a um tratamento sintomático. Não se sabe se o Misoprostol pode ser eliminado por hemodiálise, mas é conhecido que o metabolismo produz um composto similar aos ácidos gordos.

Onde comprar – Marcas comerciais em cada país.

A nível de toda a América Latina (Venezuela, Colômbia, Perú, Equador, entre outros), parte da América Central (México) e América do Norte (Estados Unidos), o Misoprostol é distribuído por laboratórios Pfizer sobre o nome comercial de Cytotec.

O Cytotec como marca comercial encontra-se em países como Colômbia, Costa Rica, Chie, Equador, Espanha, México, Perú, Venezuela sob as seguintes apresentações:

  • Frasco com 28 comprimidos hexagonais de 200mcg c/u
  • Caixa com blister de 28 comprimidos hexagonais de 200mcg c/u

Nos Estados Unidos, o Cytotec pode ser conseguido em duas formas farmacêuticas diferentes, comprimidos de 100mcg e em comprimidos de 200mcg, as quais vêm nas seguintes apresentações:

  • Cytotec de 100mcg
    • Frasco de 60 comprimidos redondos.
    • Frasco de 120 comprimidos redondos.
    • Caixa com blister de 100 comprimidos redondos.
  • Cytotec de 200mcg
    • Frasco de 60 comprimidos hexagonais.
    • Frasco de 120 comprimidos hexagonais.
    • Caixa com blister de 100 comprimidos hexagonais.

O Misoprostol também se pode conseguir no continente americano e Espanha sob diferentes nomes comerciais, como:

  • Cyrux (México): frasco de 28, 30, 60,90 ou 100 comprimidos de 200mcg cada um e/ou caixa com blister de 28, 30, 60,90 ou 100 comprimidos de 200mcg cada uma.
  • Cytil (Colômbia): frasco de 7,14 ou 28 comprimidos de 200mcg cada um e/ou caixa de 2, 4, 8, 12,16 comprimidos vaginais de 200mcg cada uma.
  • Misofar (Espanha): Frasco de 4 comprimidos vaginais de 200mcg cada um.
  • Misoprolen(Perú, Costa Rica): caixa com blister de 30 comprimidos de 2000mcg Misoprostol cada um.
  • Misoprosmek (Perú): caixa com blister de 30 comprimidos de 200mcg cada um.
  • Misotrol(Chile): frasco de 28 comprimidos de 200mcg cada um.
  • Artrotec (Ecuador, Espanha): caixa com blister de 20 comprimidos, de 200mcg de Misoprostol mais 50mg de Diclofenac cada um.
  • Arthrotec (EUA/Venezuela): Caixa com blister de 30 comprimidos de 200mcg de Misoprostol mais 50mg de Diclofenac cada um e/ou Caixa com 10 ou 20 comprimidos de 200mcg de Misoprostol 75mg de Diclofenac cada um.
  • Oxaprost (Argentina): caixa com blister de 16 comprimidos, de 200mcg de Misoprostol mais 50mg de Diclofenac cada um.

Existem marcas comerciais como Artrotec, Arthrotec ou Oxaprost que contêm na sua fórmula Misoprostol combinado com substâncias analgésicas para diminuir as dores, porém, não daremos ênfase a estes já que são muito pouco comercializados porque aumentam de forma significativa os efeitos secundários.

O Misoprostol pode ser conseguido sob os seus diferentes nomes comerciais em farmácias, boutiques e/ou drogarias (dependendo da terminologia usada em cada país), e o mesmo só pode ser entregue sob uma receita médica, ao contrário dos casos de emergência em que os hospitais e clínicas têm a permissão necessária para o administrar a pacientes que o peçam.

De igual forma, existem associações ou organizações dirigidas por profissionais, encarregues de garantir os direitos humanos das mulheres, ajudando à prevenção de gravidezes não desejadas. Eles garantem a distribuição de Misoprostol sob as marcas comerciais para pacientes que o necessitem. Para conhecer mais deverá introduzir o nome da marca comercial na web ou o princípio ativo (Misoprostol) e terá várias opções.

Como detetar falsificações/réplicas

É importante que o medicamento seja adquirido unicamente nos sítios autorizados para assim evitar cair em falsificações, por lugares autorizados entenda-se os mencionados no ponto anterior como, por exemplo: farmácias, boutiques, drogarias, hospitais e/ou clínicas.

De igual forma alertamos os pacientes que no que diz respeito aos comprimidos de Cytotec (Misoprostol) estes cumprem com certas características as quais que se alguma delas estiver em falta tem que duvidas da sua originalidade. Estas características são:

  • São de cor branca.
  • Têm Forma Hexagonal.
  • Têm impresso numa das suas faces o número 1461.
  • Na outra face têm uma lista que atravessa ao longo do comprimido.

À exceção dos Estados Unidos onde os comprimidos de Cytotec apresentam as seguintes características:

  • Cytotec comprimidos de 100mcg
    • São de cor branca.
    • Têm forma redonda.
    • Têm impressa numa das faces a palavra SEARLE e o número 1451 está gravado do outro lado.
  • Cytotec comprimidos de 200mcg.
    • São de cor branca.
    • Têm forma hexagonal.
    • Têm impressa numa das suas faces a palavra SEARLE e o número 1461 em baixo, divididos por uma linha que atravessa essa face, na outra face está gravado o desenho de um estômago duplo.

Como tomar

As maneiras de como tomar variam dependendo das condições de cada pessoa e da patologia, sintomatologia ou efeito que você quer que tenha sobre você, é recomendado aconselhar-se com um especialista para que ele mesmo, indique a dosagem e supervisione o processo.

Em caso de pedir um aborto voluntário, a dose deve ser adaptada à resposta da paciente e é recomendado que a dose seja conservada sempre nos níveis mais baixos que originem uma resposta uterina satisfatória.

Antes de administrar qualquer dose de Misoprostol para induzir o aborto, é importante saber o tempo/semanas de gravidez que tem a paciente, já que dele depende a eficácia do mesmo.

O ponto máximo de eficácia é alcançado entre a sexta e nona semana de gestação, no entanto, o processo é seguro até às doze semanas. Foi comprovado a sua eficácia em torno dos 90%.

UN CÁLCULO APROXIMADO PARA SABER QUANTO TEMPO DE GRAVIDEZ TEM A PACIENTE, É CONTANDO O DIA QUE PASSARAM DESDE O INÍCIO DA SUA ÚLTIMA MENSTRUAÇÃO, ESSE NÚMERO É DIVIDIDO POR SETE (7) E O RESULTADO É A QUANTIDADE DE SEMANAS DE GRAVIDEZ QUE TEM.

 

Para induzir o aborto por via oral, numa paciente de 6 a 12 semanas de gravidez e com uma saúde estável, tem que se administrar da seguinte forma:

  1. Dividir os comprimidos em 3, já que se devem tomar 3 doses.
  2. Coloque os comprimidos da primeira dose debaixo da língua durante meia hora. Passada a meia hora ficam restos do mesmo por baixo da língua, pode trinca-las e cuspi-las.
  3. Repita o processo a cada 3 horas até que tenha completado as 3 doses.

** As quantidades exatas são omitidas PARA SUA PRÓPRIA SEGURANÇA. Este procedimento deve ser realizado sempre sob supervisão médica, apenas os profissionais médicos podem analisar o seu caso em particular e podem decidir que dose deve tomar ou se este é o procedimento mais adequado para o caso. Se você se encontrar no México pode entrar em contato aqui **

Ainda que a paciente comece a sentir os sintomas (sangramento, cólicas, calafrios, febre) na primeira dose, é importante que se administrem todas as doses, já que, dessa forma evita-se que fiquem restos dentro do útero, os quais podem trazer complicações.

Um dos sintomas apresentados podem ser vómitos, se isto acontecer, a paciente não deve temer ter perdido a dose, já que, a dose foi absorvida através da glândula sublingual, o que permite a passagem do fármaco de forma direta para a corrente sanguínea, sem passar pelo estômago.

Os sintomas terão uma duração de 48 a 72 horas, o sangramento geralmente é um pouco mais forte que o da menstruação e apresenta-se com pequenos coágulos, a febre deve ser menor que os 38º. Se a paciente apresentar febre muito alta, existe a possibilidade de que tenha uma infeção.

Por ser complicado ter a quantidade antes mencionada é recomendável contar com pelo menos duas doses de Misoprostol. O que geraria de igual forma o aborto mas neste caso não se garante que não fiquem restos dentro do útera pelo que se recomenda que se desloque imediatamente ao hospital mais próximo.

Por outro lado, se a paciente tiver mais de doze (12) semanas de gestação, é fundamental que a administração das doses seja num hospital ou centro clínico, preferivelmente acompanhada, uma vez que, os sintomas e efeitos secundários poderão ser mais fortes, o que deixaria em risco a sua saúde.

Para induzir o aborto via vaginal, da mesma forma que a via de administração oral deve administrar-se da seguinte forma (quantidades exatas NÃO mostradas para sua segurança):

 

  1. Divida os comprimidos vaginais em 3, já que deverá tomar 3 doses.
  2. Com a ajuda dos seus dedos deve introduzir Misoprostol dentro da vagina o mais fundo possível. Se possível humedeça um pouco os comprimidos com umas gotas de água antes de as introduzir para facilitar a entrada das mesmas.
  3. É recomendado não tomar banho nas 2 horas seguintes mesmo que comece a sentir sintomas fortes, isto é para garantir a absorção completa dos mesmos.
  4. Passadas 24 horas você deve introduzir a segunda dose de Misoprostol, seguindo exatamente os passos mencionados no ponto 2.
  5. No que diz respeito à terceira ose, deve introduzir os comprimidos da mesma forma passadas 24 horas.

À medida de passem os minutos, logo na primeira dose, os sintomas se manifestarão através de sangramentos, cólicas intensas e febre, o que significará o início do processo abortivo, da mesma forma que na via de administração oral o sangramento geralmente é um pouco mais forte que o da menstruação e é apresentado com pequenos coágulos.

Com o passar do tempo acabarão os sintomas e uma vez administrada a segunda dose, os sintomas apresentados serão menos intensos, ocorrendo o mesmo com a terceira dose onde os sintomas neste caso serão mais leves.

Assim que concluir o tratamento pode continuar o sangramento por alguns dias ou inclusive semanas e o ciclo menstrual acontecerá nas 4 a 6 semanas seguintes.

A eficácia de ambos os processos é verificada mediante a realização de uma eco pélvica se o seu desejo é sabê-lo de forma imediata, ou da aplicação de um teste de gravidez passadas três semanas, devido a que uma vez realizado o processo, continuam presentes na corrente sanguínea hormonas indicativas de gravidez.

É importante mencionar, que se não se der o aborto após as doses requeridas, o feto pode ter sofrido danos consideráveis, pelo que continuar com a gravidez gerará malformações importantes que poderão por em risco a saúde física e mental do neonato, pelo que é recomendável repetir o processo passadas duas semanas.

Tenha em consideração que tal como mencionado no presente artigo, pode sofrer diferentes efeitos secundários que poe em risco a sua vida. A sua saúde é importante, antes de tomar qualquer decisão avalie todas as possibilidade e não hesite em aconselhar-se ou consultar um médico ou especialista de confiança antes de ser administrado o medicamento.

Relacionado: aborto medicinal com mifepristona